, , , ,

Como o Supply Chain Finance pode contribuir no planejamento financeiro

O conceito de Supply Chain ou Cadeia de Abastecimento já é bastante conhecido no segmento logístico. O que ainda é pouco explorado no Brasil é o Supply Chain Finance, uma forma inovadora de otimizar recursos utilizando-se de toda a cadeia de abastecimento da empresa.

A ideia já está bastante difundida no mundo e permite uma significativa redução do custo operacional das organizações. Confira agora mesmo como aproveitar essa estratégia no seu negócio!

O que é Supply Chain Finance

Em português, o termo significa Financiamento da Cadeia de Abastecimento, mas não estamos falando de empréstimos ou financiamentos bancários. O sistema funciona da seguinte maneira: o comprador antecipa pagamentos ao fornecedor, obtendo créditos a serem utilizados ao longo do tempo com a aquisição de insumos e mercadorias ou ainda, serviços.

Com a antecipação dos recebíveis, o fornecedor tem condições de impulsionar os negócios, obtendo capital de giro imediato para suas operações, sem precisar pagar juros e taxas a bancos ou outras instituições financeiras.

O modelo de negócios é baseado no fomento mercantil, entretanto, as negociações acontecem dentro da cadeia de abastecimento da empresa, mediante a intermediação de instituições financeiras ou ainda plataformas on-line que oferecem este tipo de serviço.

As transações são altamente seguras e fortalecem a cadeia produtiva da empresa, assegurando saúde financeira para todos os envolvidos.

shutterstock_538755886

Quais as vantagens do Supply Chain Finance

O grande intuito de manter um sistema autônomo de financiamento da cadeia de abastecimento é integrar as empresas envolvidas de modo que elas possam manter a eficiência financeira sem recorrer a agentes bancários, o que gera uma grande perda de recursos com o pagamento de taxas e juros. Todos os envolvidos têm ganhos com este modelo de financiamento:

Planejamento financeiro

O comprador, que antecipa recebíveis, tem garantia de descontos por compras à vista, reduzindo o nível de endividamento da empresa. Ao mesmo tempo, o fornecedor, que recebe os valores antecipados, gera capital de giro sem recorrer a empréstimos e financiamentos.

Esse controle interno favorece o planejamento financeiro de ambas empresas, que podem, a longo prazo, reduzir os custos operacionais e obter maior eficiência no controle de gastos.

Redução da necessidade de capital de giro

Estoques parados comprometem o capital de giro da empresa, que mobiliza uma quantidade enorme de recursos – físicos e financeiros – para manter a manutenção do armazém.

Com a implementação do Supply Chain Finance, o comprador não precisa receber todos os produtos comprados de imediato, ele fica com um crédito junto ao fornecedor, que pode ser utilizado sempre quando necessário.

O ganho está em manter os estoques enxutos, reduzindo o uso do capital de giro e mantendo o fluxo de caixa fluido para outras despesas imediatas da empresa.

Redução do nível de endividamento das empresas

Como a cadeia de abastecimento se autofinancia mediante operações de crédito e débito entre os integrantes, o nível de endividamento das empresas é reduzido, o que se reflete em maior sustentabilidade financeira para todos.

Diante disso, o segmento se fortalece, ganha competitividade no mercado e pode escalar os negócios pensando sempre em gerar valor para toda a cadeia produtiva.

Como você pode imaginar, o Supply Chain Finance pode ser utilizado em qualquer segmento de negócio, desde o transporte até as mais altas tecnologias. Já pensou em implementar um sistema desses com seus parceiros de negócio?

Lupeon-0007.ebook-BannerChamada_20161117

, , ,

Ebook Gratuito | Benefícios do Outsourcing em Gestão de Fretes


Veja como melhorar seus resultados

ao fazer Outsourcing de Gestão de Fretes

 


 O controle dos procedimentos envolvidos na gestão de fretes é complexo e requer ferramentas capazes de atender a todas as suas necessidades específicas. Emissão de notas fiscais eletrônicas, conciliação junto a fornecedores, manutenção de tabelas de fretes, entre outros, conformam as atividades da rotina de quem gerencia o transporte de mercadorias.

E já que empresas que possuem área logística necessitam processar uma grande gama de informações, nós da Lupeon criamos este eBook com informações úteis sobre a gestão de fretes e as vantagens de contar com parceiros que contribuam com soluções práticas e eficientes. Lhe convidamos a baixar nosso e-book e descobrir como aumentar sua produtividade.

Lhe convidamos a ler nosso conteúdo e descobrir como aumentar sua produtividade.

 

Lupeon-0011.botao_20170216

, , ,

Possibilidades da entrada do Uber para o setor de Transporte de Cargas

 

As novas tecnologias seguem seu ritmo expansivo e, com relação ao mercado de cargas rodoviárias, não poderia ser diferente. Se você já ouviu falar do Uber, um aplicativo que oferece o serviço de transporte de passageiros nas cidades, saiba que temos uma empresa similar no setor de fretes.

O fundador da empresa, o Mexicano Oscar Salazar, decidiu ampliar o alcance da chamada economia compartilhada (princípio que defende consumir um serviço sem que seja necessário investir na infraestrutura necessária) e criou uma ferramenta orientada ao transporte de mercadorias. Com isso, aproveita a disponibilidade de caminhões para realizar fretes sem que seja necessário contratar diretamente uma transportadora.

Dessa forma, nasceu a ‘Uber dos Caminhões’. Primeiramente, no Estados Unidos, mas a plataforma já se encontra em funcionamento no Brasil. A CargoX conecta clientes e caminhoneiros autônomos e promete prestar um serviço dinâmico, de qualidade e que pode custar até 30% a menos em relação aos fretes tradicionais.

O funcionamento é semelhante ao da plataforma Uber, que trabalha com um cadastro de prestadores de serviços e os localiza através de telefonia celular. Quando surge uma demanda, o motorista que se encontra mais perto do pedido é acionado e procede-se com o fechamento do pedido. Pra dar uma ideia do volume de veículos, já são mais de 100 mil cadastrados.

Quem comemorou a possibilidade foi o Setor Agrícola. De acordo com Hélio Sirimarco, vice-presidente da SNA (Sociedade Nacional de Agricultura), “os ganhos do produtor se veem beneficiados por todas as iniciativas que reduzem o custo relacionado ao transporte das mercadorias”.

shutterstock_508483729

Processo Seletivo

Os motoristas que se registram na plataforma CargoX passam por um processo de avaliação e são selecionados e treinados antes de realizar qualquer frete. Entre outros aspectos, são levados em conta fatores como incidentes (furtos, extravios, acidentes) e as condições do veículo usado para os transportes. Para se cadastrar, seja como operador de fretes ou caminhoneiro, basta completar o formulário disponível nesta página.

Maximização de recursos

No sentido de potencializar a capacidade operacional dos veículos disponíveis, a CargoX verifica o caminhoneiro sem carga que esteja nas imediações do local de partida da sua carga, muitas vezes voltando de alguma outra rota, com uma oferta até 30% menor do que a de uma transportadora.

Fazendo referência ao transporte de passageiros, seria como um táxi que foi levar um passageiro do centro à zona sul, e é chamado através de um aplicativo por um cliente da zona sul que tem destino ao centro. Ele volta do seu ponto de partida inicial, sendo remunerado por isso.

Benefícios

A Uber dos Transportes Rodoviários garante até 50% do lucro líquido proporcionado pela carteira dos agentes contratantes e se encarrega de todas as operações. Além disso, tem seu funcionamento respaldado por investidores nacionais e internacionais, na ordem de 50 milhões de Reais.

Outras vantagens são os programas de capacitação, destinados a otimizar o rendimento da carteira de clientes e o atendimento pós venda, com pessoal qualificado e dedicado a brindar o melhor serviço aos contratantes. Nas palavras da CargoX: “Não atendemos bem, nós encantamos nossos clientes”.

Vivemos na era da revolução dos serviços. Praticamente todos os segmentos têm-se beneficiado por novas formas de atendimento, canais de contratação e modalidades de funcionamento. Se os novos modelos propostos serão um sucesso, ainda é uma incógnita. Mesmo assim, a constante renovação das possibilidades costuma impulsionar a otimização de recursos e incentivar o abandono de práticas obsoletas.

Lupeon-0009.Blog-03-BannerChamada_20170120